Quarta, 14 Setembro 2016 10:41

Hospedagem temporária virou caso de polícia em Miami

O governo local distribuiu multas de forma generalizada para proprietários de casas, sites de reservas e agentes. Foram mais de um milhão e meio de dólares em multas por alugar casas por períodos curtos. Segundo a AFP, em agosto deste ano a polícia foi chamada, desalojou mais de trinta hóspedes e multou as famílias proprietárias dos imóveis.

Pelas leis do condado, aluguel de imóvel não pode ser menor que meio ano e o prefeito da idade é taxativo, direto e claro: "quem aluga assim, é sonegador de impostos e será tratado como tal" As multas começam em vinte mil dólares para o proprietário do imóvel e vai até 80 mil para quem anuncia.

Os investidores em imóveis para aluguel por temporada tinham achado uma "mina de ouro" em Miami Beach e agora, tudo isso tornou-se inviável e os investidores estão com o "mico" na mão. Os hoteleiros ganharam este round da disputa com sites que anunciam vagas, quartos e apartamentos ou casas por valores muito mais em conta, por estarem livres da carga tributária que incide normalmente sobre a hotelaria e seus serviços.

Como no Brasil é frequente e até aplaudível copiar as táticas do Tio Sam, se a moda pega...


FrontDesk é um boletim informativo com assuntos de interesse da Cadeia Produtiva do Turismo do Sul do Brasil, enviado para 25.308 endereços.
Envie-nos sua opinião ou informação para o e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Editores: Renato Brenol Andrade & José Justo 54 9914 3117